Como ser bem resolvida? + Dica de Leitura <3

Quando uma mulher quer se enganar em relação a um homem, o estoque de justificativas para as atitudes do cara – mesmo as mais absurdas – é grande. Por outro lado, um homem dificilmente admite com todas as letras: “Você não é A mulher pra mim”.

Estes são os pontos centrais da tese que Greg Behrendt e Liz Tuccillo, respectivamente, consultor e redatora da série Sex and the City, defendem em Ele simplesmente não está a fim de você: entenda os homens sem desculpas. A mensagem é simples: garota, pare de se enganar e de tentar entender alguém que não está na sua, pois tem um monte de caras interessantes querendo uma senha pra te conhecer. O livro, lançado no Brasil no final do ano passado, coloca por terra todas as desculpas que as mulheres inventam quando estão interessadas em um carinha, mas teimam em não enxergar o óbvio: ele não está a fim.

Para Greg e Liz, se ele não telefona, se não quer assumir que está com você, se não a convida pra sair, se é casado, se só liga pra você quando bebeu todas, se desaparece sem dar notícia, entre outras coisas… Hey, sister, não perca horas preciosas de sono analisando o comportamento desse cara, pois… Você já sabe, não é? Segundo os autores, é perda de tempo tentar decifrar os atos e sinais confusos de um homem. “Confuso” é uma palavra que serve para disfarçar a falta de interesse. Se um cara está a fim, ele vai atrás. “Quando o cara está a fim de você, ele demonstra isso. Ele telefona, aparece, quer conhecer seus amigos, não consegue manter as mãos e os olhos longe de você (…) Não importa se ele começa seu novo emprego de presidente dos Estados Unidos na manhã seguinte, às quatro (isto é, às quatro da manhã, senhoras!)”. Simples assim? É, Greg e Liz garantem.

Trauma de infância, projeto profissional novo, medo de compromisso, separação recente, falta de grana ou medo de se envolver com uma mulher que está acima da média. São inúmeras as justificativas que as garotas – mesmo as mais inteligentes – dão a si mesmas quando as coisas não vão bem. Mas essas desculpas, que têm tanta credibilidade quanto as frases de um biscoitinho da sorte, só servem para fazer muitas mulheres rodarem em círculos, em vez de admitirem que é hora de cair fora. Melhor mandar um “não tropeça que a fila anda” do que cansar sua beleza com quem não vale a pena.

Os autores afirmam que a idéia de que “ele simplesmente não está a fim de você” é libertadora, porque evita muito desgaste emocional além da conta. A questão não é não sofrer, mas não sofrer por mais tempo do que o necessário. A coca-cola esquentou? Já era. Enquanto você corre atrás de caras que correm de você, acaba perdendo oportunidades de conhecer gente que daria tudo pela tal senha. E, quanto mais uma pessoa se valoriza, maiores as chances de encontrar pessoas que a valorizem também.

O livro traz pérolas como: “Se um cara (mentalmente saudável) realmente gosta de você, nada poderá impedi-lo. E se não for mentalmente saudável, para que alguém vai querê-lo?”. Mas e se ele não liga porque não tem tempo? Greg manda mais uma: “Com o advento dos telefones celulares e do botão de redial, é praticamente impossível alguém não conseguir telefonar. Às vezes, dou telefonemas até do bolso da minha calça, sem querer”. O autor sugere ainda que, se o seu problema é uma vontade irresistível de dormir abraçada a alguém, melhor comprar um bichinho de estimação.

UPDATE: Agora tem filme!

Com tiradas impagáveis e vários conselhos úteis, Ele simplesmente não está a fim de você é um guia bem-humorado que ajuda a ler os sinais de que você deve partir pra outra. Ou melhor, pra outro.

Ficha técnica
Editora: Rocco
Páginas: 174
Preço médio: R$ 30,00

Os autores
Greg Behrendt e Liz Tuccillo trabalharam na redação de Sex and the City. Ela foi redatora-chefe do seriado, e ele o consultor que aparecia duas vezes por semana para dar opinião sobre os diálogos do roteiro, com sua perspectiva masculina.